BLOG - PMAN - Soluções Integradas para Panificação

 

panificação talvez seja umas das artes culinárias mais antigas do mundo,

e na antiguidade no período de 8.000 a.C a 60 d.C o pão já era elaborado nas

Margens dos rios, Tigre e Eufrates na antiga Mesopotâmia e no vale do rio Hindu.

A princípio apresentava um formato oval e era feito com grãos triturados de maneira

rustica, com aveia, trigo, cevada e outras sementes como gergelim, por exemplo.

Os cereais em si eram misturados com água e deixados sobre pedras, onde levedavam

(Fermentavam) grosseiramente e em seguida eram assados, envoltos ou coberto de brasas.

Esses pães de formato estendido denominados em inglês ‘’flatbreads’’ foram os únicos

conhecidos pelas civilizações durante milênios, e mesmo nos dias de hoje são produzidos

e consumidos largamente em todo o mundo, principalmente nessa mesma região onde está

localizado o Iraque. No Egito antigo, as margens do rio Nilo, que o pão se transformou

definitivamente, através do desenvolvimento de modelos primários de pedras moedoras.

Segundo a história, a descoberta que a massa podia crescer foi por mero acaso, um pedaço

de massa contendo, apenas água e farinha foi esquecido em céu aberto, por ordem

natural foi inoculado pelas bactérias presentes no ambiente, e deu inicio a uma

fermentação alcoólica, transformada após alguns dias, em fermentação ácida, na qual

ofereceu volume a massa. Já em 1859, Louis Pasteur conhecido como o pai da microbiologia moderna

descobriu como o fermento funcionava. Alimentando-se de farinha de amido, o fermento produzia

dióxido de carbono. Este gás expande o glúten na farinha no qual é responsável a levar

a massa de pão a expandir e crescer. No século XX, os fornos que eram movidos a gás substituíram

os fornos de tijolo e lenha, produzindo assim maior quantidade e qualidade de cocção de pães

e massas em geral. A composição do pão, ou seja, os ingredientes essenciais para a elaboração

do pão são: Farinha de trigo, água, sal e fermento biológico.  E depois de inúmeros processos

obtivemos o amado ‘’pão nosso de cada dia ‘’.

Continue nos acompanhando, em breve mais publicações.

 

News PMAN
Lançamentos e novidades PMAN